• Nina Fernández

Dosa - uma delícia indiana

Atualizado: 12 de Dez de 2020

Já conhece a dosa?

Essa novidade surgiu na minha vida tem poucos meses e um foi um presente dos amigos Amanda e Bruno Viola (ela nutricionista e colunista do Mesa/ele cervejeiro e padeiro de mão cheia), que lá de Barcelona me introduziram no mundo da fermentação e conserva. Quando trocamos muito para trocar ideias e receitas para o episódio 05 do Mesa Carioca visita Casa Orgânica - quando levamos esse método de cozinhar como protagonista do brunch.


A dosa é um prato típico indiano, feito à base de arroz e lentilha. Na minha primeira experiência eu vi uma semelhança com taco e tapioca.


O modo de preparo é relativamente simples, mas como todo fermentado leva algum tempo e tem suas peculiaridades.


A forma mais tradicional consumida na Índia é uma massa bem fina, similar a uma panqueca, com diferentes sabores: legumes e pastas.

Mas você pode brincar e ir testando diferentes espessuras para chegar ao que se adapta mais ao seu paladar.


Essa massa fermentada também serve para fazer outros pratos indianos como o idli (um bolinho fofo, consumido normalmente no café da manhã) e uthappam (quase o mesmo que o dosa, só que mais espesso).


A brincadeira pode também ir para a esfera do ingrediente para a fermentação - lentilhas ou feijões por exemplo. É claro que cada um vai trazer sua peculiaridade para a massa, então vale começar com a tradicional lentilha e depois que atingiu o ponto certo, brincar com a imaginação.


Outra brincadeira legal é alterar a água mineral por água de beterraba, espinafre e outros legumes e verduras que tragam cores marcantes para sua comida.


Por que comer com os olhos também é muito bom!


Modo de preparo

Dosa:

  • 400 gramas de arroz

  • 200 gramas de lentilha

  • água

  • sal

Deixar o arroz e a lentilha (separados) de molho em água por uma noite. Na manhã seguinte escoar a água de ambos e triturar no liquidificador (ou mixer) com sal e acrescentar água a medida que achar necessário. A ideia aqui é ter uma consistência pastosa e homogênea mesmo.


Cuidado para não exagerar na água, é melhor acrescentar mais um pouco

na hora em que for fazer a dosa que deixar a massa aguada.


Colocar a sua pasta em um pote de vidro, cobrir com uma folha de papel filme encostando na massa e fechar o pote. Deixar em local fresco e escuro para fermentar durante, pelo menos, 02 dias.



Ao terminar a fermentação colocar em um pote menor - caso precise - e armazenar na geladeira. Dura bastante tempo :)

Quando for fazer sua dosa, colocar um pouco de água na quantidade que for fazer para facilitar o manuseio da massa.


O modo de preparo é como se você estivesse fazendo uma panqueca, uma concha de massa em uma frigideira quente - untada com um pouco de manteiga ou azeite.


Algumas dicas extras:

  1. Tire o excesso de manteiga/azeite da frigideira antes de despejar a massa, os elementos não se misturam.

  2. Use um pote grande, a fermentação pode dobrar, ou até triplicar a quantidade da sua massa.

  3. Coloque uma marquinha pra acompanhar o crescimento do seu filhote.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo